*Fazer olhinhos

*Instituto Nina Rosa

*Sutiãs triangulares

* Dezembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

Os namoros deviam ser só de começo.

Estou para conhecer uma mulher que discorde da seguinte afirmativa: A melhor parte do namoro é o começo.

Não é?!

No começo tem aquela paixão imeeeensa que faz a gente perder o fôlego, suar as mãos e tremer as pernas. (Mais parece um ataque, mas é emoção na verdade.)

A energia sexual transborda toda vez que está a sós com o cara (pelo menos quase todas), pensa nele quase 24 horas por dia e além disso, o coração bate forte até quando estão falando trivialidades.

As ligações? Ihhhhh...Mostramos logo o número do cara aparecendo no telefone para as amigas! A ansiedade grande nessa fase.

No começo, existe uma dedicação mútua incrível. O cara dedica uma grande parte do seu dia para ficar com a moça, as ligações são mais constantes, e a mulher acha que o cara é perfeito. Tudo parece mais feliz, o tal do mundo cor-de-rosa.

Tudo isso devia acontecer durante o namoro todo, que aí nunca nos debateríamos com a dúvida se estamos ainda gostando do cara. Mas, nem tudo são flores, aliás, quase nada...

Aí quando o tempo passa...passa mesmo..2 anos, 3...

As individualidades estão mais firmes (isso na maioria das vezes é bom), o tempo da gente parece ficar mais curto pro outro.

Mas o rosa acaba. A paixão já foi e agora só tem o amor. O que segura a relação é o companheirismo e o respeito. No começo do namoro tinha eles dois, mas não eram os mais essenciais.

A gente fica feliz com os encontros e ligações, mas as reações do corpo são mínimas. Nada de suadeira e tremedeira...Taquicardia, muitas vezes. Pensamos bastante nele, mas nem tanto.

 

Mas, mesmo depois do começo o namoro é legal demais. A gente aprende a respeitar, e muitas vezes se apaixonar, pelas diferenças. Ficamos com raiva e logo descobrimos como é interessante as emoções e reações imediatas, porque muitas vezes reagimos como não pensávamos ser possível. Rimos das brigas até.

Amar faz bem ao coração. E nem só amar, gostar. Cuidar, zelar, se preocupar, rir, chorar. Tudo que tem no namoro faz bem. A tendência é a gente sair bem melhor de um namoro do que quando entramos. Mesmo quando sofremos à beça naquela relação, se nos esforçamos, tiramos ótimas lições.

 

Entretanto, também não conheço mulher que discorde desta:

 

Namorar é bom e faz bem!

 

 

Independente da fase, das crises, das emoções. Todos os namoros estão aí pra crescermos e nos apaixonarmos sempre e sempre! :)

pareço:
o som que tava rolando por aqui...: Satisfy my soul - Bob Marley
palavras-chave:


4 comentários:
De Beta a 27 de Fevereiro de 2008 às 22:13
Ontem eu tava querendo falar era disso: é incrível como ás vezes ainda me surpreendo com o que você escreve.Eu já te disse uma vez,você está escrevendo cada vez melhor sabia?AMEI o texto.Sério mesmo. Vou poder dizer no futuro: é minha amigaa!iuahiuahuiahiuaa!!
;***


De Anónimo a 1 de Março de 2008 às 01:36
Muito legal o seu blog. Acho que todos nós, homens e mulheres, concordamos que a melhor fase do namoro e quando tudo começa, mas esquecemos que depois temos que regar o relacionamento.

Não é nada fácil manter uma relação saudável, e nunca estamos suficientemente maduros para tomarmos as atitudes certas.

Mas no fim das contas, acho que essa é a magia da coisa...
Bjim!


De Micaella Soares a 1 de Março de 2008 às 18:43
Adorei seu blog. Fiquei surpresa em ver o link de meu blog aqui rss.
Bjks da Micaella


De Chris a 3 de Março de 2008 às 20:09
É Ana, claro que no começo é bom demais, mas depois é bom demais também. depende de nós regarmos diariamente a nossa relação para que ela seja sempre gostosa, não perca o carinho, o respeito, o romantismo. Muitas vezes vejo as pessoas com o tempo se desrespeitarem e é isso que está errado. O namoro, como as amizades precisam ser regadas como as flores diariamente para que perdurem com qualidade e consistência. Um beijo querida, adoro suas visitas sempre!!! Chris.
http://espartilho.wordpress.com


Comentar post

*Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


*palavras-chave

* todas as tags

*procurar por aqui

 

*Ana

*Fazer olhinhos

blogs SAPO
RSS