*Fazer olhinhos

*Instituto Nina Rosa

*Sutiãs triangulares

* Dezembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008


Quarta-feira, 10 de Junho de 2009

Dia dos namorados é dia de se PROTEGER também!!

GTP+ lança amanhã campanha de prevenção para o Dia dos Namorados


Fonte: Adital

 

Dia amanhã, 11 de junho, o Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) lançará uma campanha de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. A atividade vai acontecer às 16h, em frente ao Shopping Boa Vista, no Centro do Recife (PE), local de grande movimentação.

"Duas maneiras de proteger bens valiosos. Usar camisinha é mais que cuidar da saúde. É proteger quem você gosta" é o slogan da campanha que pretende sensibilizar casais de namorados, sobretudo os jovens, para o uso do preservativo e de métodos contraceptivos que evitem a gravidez indesejada.

 

Para a campanha foram planejadas atividades como distribuição de preservativos e cartazes, além do envio de mala direta explicando a campanha e enfatizando a necessidade de prevenção.

 

Perguntado sobre a grande quantidade de jovens que ainda são infectados com DSTs e que engravidam precocemente, Wladimir Reis, coordenador geral do GTP+, respondeu que uma grande dificuldade é que até hoje as famílias não estão dispostas a conversar sobre sexo. "Ainda hoje, a possibilidade de se falar em sexo em casa é uma grande barreira. Existe, por parte dos jovens, desconhecimento com relação ao assunto. Por esse motivo, as escolas precisam cumprir essa missão de informar e orientar os jovens que estão iniciando a vida sexual".

Wladimir comentou ainda que, além da pouca informação, os jovens têm conhecimentos não adequados, o que acarreta no contágio de doenças sexualmente transmissíveis e na gravidez não planejada.

 

Todos os anos o GTP+ promove campanhas de prevenção em datas específicas como Carnaval, Parada Gay e Dia Mundial de Combate à Aids. Este ano, viu-se a necessidade de promover a conscientização também na data comemorativa ao Dia dos Namorados e a intenção do Grupo é que a campanha continue acontecendo nos próximos anos. "Fomos incentivados a dar continuidade à campanha, pois fazemos com as pessoas uma abordagem simples, sem criar estigmas. Provavelmente daremos continuidade nos próximos", comenta Wladimir Reis. 

 

O Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo foi fundado no ano 2000 a partir da necessidade de formação de uma entidade coordenada por pessoas vivendo com o vírus HIV e doentes de Aids que desenvolvessem trabalhos de prevenção. O objetivo do Grupo é contribuir no enfrentamento da epidemia, buscando encorajar o ativismo e a educação voltada à prevenção às DST/HIV/AIDS.

As matérias do projeto "Ações pela Vida" são produzidas com o apoio do Fundo Nacional de Solidariedade da CF 2008



Quinta-feira, 10 de Julho de 2008

Saúde feminina

Dia 2 de julho, quarta-feira passada, foi comemorado o Dia do Hospital. Por conta disso, o post de hoje será sobre a saúde feminina.

 

No ano de 1984 o Ministério da Saúde criou o Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher, PAISM. Ele contém as ações educativas, preventivas, de diagnóstico, tratamento e recuperação, englobando a assistência  à mulher em clínica ginecológica, no pré-natal, parto e puerpério, no climatério, em planejamento familiar, DST,  câncer de colo de útero e de mama, além de outras necessidades identificadas a partir do perfil populacional das mulheres.

Em 28 de maio de 2004 o Ministro da Saúde, Humberto Costa, lançou a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher - Princípios e Diretrizes, construída a partir da proposição do SUS, respeitando as características da nova política de saúde.

 

Menopausa

 

A menopausa é o último período menstrual da mulher que geralmente tem em média 51 anos de idade. Nos anos que precedem a menopausa, os ovários funcionam com menos eficiência, resultando em menstruações irregulares e intensas. Quando a menopausa chega, os ovários param de funcionar e a menstruação pára.

Alguns sintomas como calor, ansiedade, depressão, irritabilidade, vagina ressecada, dores de cabeças e suores noturnos podem ser notados quando a menopausa está vindo. Isso acontece por causa da mudança no nível de estrógeno.

Felizmente, a maioria das mulheres não sofre de todos os sintomas.

 

Câncer de mama

 

Esta doença que tem como principal vítima a mulher (os homens também têm, apesar de ser raro) e é considerada a segunda causa de morte de mulheres no Brasil.

Uma das maiores causas da morte por câncer de mama é a detecção tardia e a metástese (transmissão de células cancerosas para um órgão próximo). Sessenta por cento dos casos são identificados em estágios avançados.

 

Portanto, a melhor forma de combater o câncer de mama é a prevenção. O auto-exame é feito periodicamente dez dias após a menstruação. Após os 35 anos a mulher deve fazer mamografias, para isso ela deve visitar um ginecologista ou mastologista.

 

O auto exame é simples. Basta que as mamas sejam apalpadas com as pontas dos dedos em movimentos circulares, procurando nódulos, alguma mudança na consistência. Nesse exame deixe o braço levantado. Ele pode ser feito no banho ou deitada. As axilas também devem ser tocadas. Nos mamilos, pressione suavemente e veja se existe secreções ou lesões.

Além disso, com a mão na cintura, deve-se reparar se as mamas estão alinhadas e se os mamilos e aréolas estão sem alterações. Com os braços levantados, repare as mesmas coisas.

 

Se nódulo for detectado ou se a mulher tiver mais de 35 anos de idade, o próximo exame a ser feito é a mamografia, que é uma radiografia feita dos seios capaz de identificar tumores dois anos antes de ser palpável e deve ser feito de ano em ano. Se o nódulo for cancerígeno a mulher deve ser submetida a cirurgia, que é chamada de mastectomia.

A presença de assistentes sociais, família e psicólogos no tratamento pós-operatório é fundamental por conta das mudanças no dia-a-dia da mulher.

palavras-chave: , ,


*Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


*palavras-chave

* todas as tags

*procurar por aqui

 

*Ana

*Fazer olhinhos

blogs SAPO
RSS